segunda-feira, 3 de outubro de 2011

O homem perverso, que não reconheceu suas faltas durante a vida, sempre as reconhece depois da morte ?

A Doutrina Espírita nos diz que a resposta para esse questionamento é sim. O espírito do homem perverso, sempre reconhece suas faltas cometidas quando em vida, e então sofre mais, porque sente em si todo o mal que praticou, ou de que foi a causa voluntária.

Entretanto, o arrependimento nem sempre é imediato. Existem espíritos que se obstinam no mau caminho, apesar dos sofrimentos por que passam. Porém, cedo ou tarde, reconhecerão haver tomado o caminho errado e o arrependimento virá. 

Os bons Espíritos exercem um papel importantissimo junto a esses espíritos que se obstinam no mau caminho, buscando esclarecê-los e encaminhando-os para os caminhos corretos. É para os esclarecer que trabalham os bons Espíritos.
-----------------------------------------------
Fonte: O Livro dos Espíritos