quarta-feira, 10 de abril de 2013

PORQUE ALGUNS BEBÊS MORREM PREMATURAMENTE?

Existem diversas respostas para esse questionamento, como veremos a seguir.

Existem casos, por exemplo, em que bebês nascem com problemas congênitos e logo depois desencarnam somente para restaurar o corpo astral. Isso ocorre quando a pessoa em vida anterior, era violenta e tinha vida desregrada, absorvendo energias destrutivas causadoras de doenças graves, não eliminadas completamente pela morte do corpo físico e que acabam deixando sequelas no corpo astral, cuja sensibilidade é mais intensa e o sofrimento para quem as tem torna-se muito forte, levando-a a procurar ajuda.

No mundo astral, existem locais que socorrem esses espíritos, que ao tomarem consciência de que erraram, arrependem-se e são levados a esses lugares de refazimentos, mas dependendo do estrago, as sequelas não desaparecem totalmente.

Quando isso ocorre, esses espíritos são aconselhados a reencarnar apenas para eliminar as sequelas, por que o corpo físico tem capacidade de absorvê-las e restaurar o equilíbrio do corpo astral. Após a restauração do equilíbrio, se voltarem a reencarnar, já o farão em um corpo perfeito, o que permitirá que tenham uma vida normal e saudável.

O corpo astral,  é por assim dizer, o organizador biológico na formação do corpo carnal, no processo de reencarnação. Quando ele está lesionado em alguma parte, ao unir-se ao óvulo fecundado, no ventre materno não consegue gerar um corpo perfeito. Se o espírito encarnar nessas condições, vai ter que viver com o corpo imperfeito.

Em outros casos, o desencarne pode tratar-se de prova para os pais, para que passem por momentos de angústias, pois o Espírito da criança não tem consciência do que ocorre. Mas, a maioria dessas mortes, entretanto, é por conta da imperfeição da matéria.

Nos casos de desencarne de crianças, elas são atendidas de imediato pela Espiritualidade, por estarem num estado psíquico especial, próprio da infância. Não estando de posse de todas as suas faculdades, não seria lógico admitir que ficassem em estado de sofrimento por causa dos atos da vida.

De forma geral, pode-se concluir que todos os Espíritos que desencarnam em fase infantil são imediatamente atendidos pela Espiritualidade.
------------------------------------------------------------------------------------------------
Postagem baseada em comentários efetuados por Zibia Gasparetto, no livro “Eles continuam entre nós”, vol 2