terça-feira, 15 de novembro de 2011

Curiosidades Bíblicas: que são Evangelhos canônicos?

O conjunto dos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João são chamados evangelhos canónicos por serem os únicos que o Cristianismo primitivo admitiu como legítimos e hoje integram o Novo Testamento da Bíblia, sendo também os únicos aceitos pelas demais dissidências do Cristianismo, como os evangélicos. As igrejas cristãs aceitam estes quatro evangelhos como tendo sido inspirados e fazendo parte do Cânon. As igrejas protestantes tem na Bíblia Sagrada, incluindo os evangelhos, a base de sua fé e de sua prática.

Cada um desses Evangelhos possuem caracterísiticas próprias, apesar de que os chamados Evangelhos Sinóticos serem por demais parecidos.

A principal característica do Evangelho de Mateus é que foi escrito para convencer os judeus de que Jesus era mesmo o Messias que estava por vir, por isso enfatiza o Antigo Testamento e as profecias a respeito desse ungido.

Já O Evangelho de Marcos (que era discípulo de Pedro) foi escrito para evangelizar principalmente os romanos, e relata somente quatro das parábolas de Jesus, enfatizando principalmente as ações de Jesus.

Por sua vez O Evangelho de Lucas foi escrito para os gentios (não-judeus), enfatizando a misericórdia de Deus através da salvação por Jesus Cristo, principalmente para os pobres e humildes de coração.

O último dos Evangelhos, o de João, foi escrito para doutrinar os novos convertidos. Não cita nenhuma das parábolas de Jesus (afinal, as parábolas já eram conhecidas no meio cristão, através dos relatos contidos nos outros evangelhos), porém combate com firmeza as primeiras heresias surgidas no princípio do cristianismo, como por exemplo: o gnosticismo (que negava a verdadeira encarnação do Filho de Deus) e outras seitas semelhantes, que também negavam a divindade de Jesus Cristo.

Desta maneira, temos 4 evangelhos canônicos, dos quais três são sinóticos.

Enquanto que os evangelhos sinóticos apresentam Jesus como uma personagem humana destacando-se dos comuns pelas suas ações milagrosas, o Evangelho de João descreve um  Jesus Cristo, como um Messias com um carácter divino, que traz a redenção absoluta ao mundo.

Aparentemente, o evangelho de João sugere que ele tinha conhecimento dos Evangelhos Sinóticos, e que nos tais já existia informação suficiente sobre a vida de Jesus como homem, se incumbindo João de mostrar em seu Evangelho, os atributos de Jesus como Deus. Por estes motivos o quarto evangelho canônico, o evangelho de João, relata a história de Jesus de um modo substancialmente diferente dos demais, pelo que não se enquadra nos sinóticos.
-------------------------------------------------------------
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Evangelhos_sin%C3%B3pticos
          http://pt.wikipedia.org/wiki/Evangelhos_can%C3%B4nicos