quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Posso ser Espírita e Maçon?

Pesquisando pra responder o questionamento acima, acreditamos que encontramos a resposta na postagem abaixo, retirada do site citado como fonte, e acrescida de algumas adaptações.

Na verdade a postagem se reporta ao seguinte questionamento: “Posso ser espírita e Rosacruz? Existem conflitos entre estes dois modelos de pensamento?”

Mas a resposta cabe perfeitamente ao questionamento título desta postagem,como veremos a seguir. Você pode consultar a postagem original no site citado como fonte ao pé desta postagem.Eis a postagem com as devidas adaptações.

Você pode, perfeitamente, ser Espírita e rosacruz, como maçon ou esoterista, se sentir necessidade disto. O Espiritismo não faz críticas a qualquer filosofia ou religião. Se o Espiritismo não preenche totalmente os seus anseios, não responde as suas indagações mais íntimas você pode buscar respostas noutros pensamentos filosóficos.

Existem pessoas que se tornam Espíritas, mas sentem falta dos rituais, liturgias e formalismos, por exemplo, da Igreja Católica e continuam freqüentando as missas. Outros procuram complementar essas faltas através de pensamentos filosóficos elevados, como é a caso da Ordem Rosacruz.

Você deve seguir sempre o seu coração. Ninguém deve dizer a você para fazer ou deixar de fazer, para acreditar ou deixar de acreditar, pois você tem o livre arbítrio. Muitas pessoas não tem essa necessidade e são somente espíritas, ou somente rosacruzes. Outros, embora sendo espíritas, estão ávidos de conhecimentos e adentram essas escolas iniciáticas para aprender os seus mistérios.

Um dia os homens não terão mais rótulos religiosos. Ninguém se dirá católico, protestante, hinduísta, muçulmano, cristão, espírita, rosacruz, gnostico ou qualquer outra coisa, porque a única identificação que trará consigo é o amor. Ame o quanto puderes, e seja o que quiseres.
       http://pt.wikipedia.org/wiki/Ma%C3%A7onaria